Sindicombustiveis-al

17/01/2022

A Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) alerta que o encerramento do congelamento do ICMS sobre os combustíveis a partir de 1o de fevereiro trará aumentos de preços para o consumidor final.

O acordo para congelar o ICMS, firmado no Comitê Nacional dos Secretários Estaduais de Fazenda (Comsefaz), termina em 31 de janeiro. Hoje (14), a maioria dos governadores optou pelo descongelamento do ICMS sobre os combustíveis durante reunião do Comsefaz, que discutiu a possível prorrogação da medida.
Autor/Veículo: Assessoria de Comunicação da Fecombustíveis

Categories: noticias