Sindicombustiveis-al

14/09/2020

A BR Distribuidora acionou extrajudicialmente o aplicativo de delivery de combustível Gofit, que se apresenta como uma alternativa aos “preços abusivos” cobrados no mercado carioca. E pede que a campanha seja retirada do ar.

O roteiro da campanha afirma que o aplicativo foi desenvolvido para levar os combustíveis dos postos de bandeira branca “até os bairros dominados pelos postos de marcas tradicionais que cobram preços abusivos”.

O serviço de entrega está disponível em bairros da Zona Oeste do Rio – Barra, Recreio e Vargem Pequena.

“É inverídica a afirmação a respeito de cobranças “de preços abusivos” por parte de “marcas tradicionais” (…) Desde sua criação, a BR se destaca justamente por sua atuação pautada pelas melhores práticas comerciais, concorrenciais, de ética e respeito ao consumidor, exigindo a mesma postura da revenda com sua bandeira e do mercado em geral, inclusive dos concorrentes”, afirmou a BR Distribuidora, em nota.

A Gofit é o primeiro delivery do segmento no Brasil. Iniciativa da distribuidora Fit Combustíveis, da Refit, antiga Refinaria de Manguinhos.

“A Gofit mantém, sim, o que disse em sua propaganda aos consumidores: o preço cobrado pela concorrência é abusivo. E esse é um dado objetivo. Em média, o litro da gasolina distribuída pelo app vindo de postos de bandeira branca custa R$ 0,30 a menos do que os concorrentes nos mesmos bairros”, comentou a Gofit ao Terra.

A empresa não respondeu aos contatos da epbr.

A BR ressalta que o pedido de retirada do comercial da Gofit não tem motivação mercadológica. “A companhia vê com naturalidade a movimentação do mercado em busca de novidades e não é este o questionamento”, diz.

Aplicativo é primeira iniciativa sandbox na ANP
O aplicativo chegou a ser punido pela operação, mas tem autorização da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) com respaldo na Lei da Liberdade Econômica, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em setembro de 2019, e da resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), de dezembro de 2019, que abrem espaço para uma regulação aberta às novas tecnologias.

O oficialmente, o combustível é vendido por um posto de bandeira branca no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio, que chegou a ser multado pela ANP por infringir a proibição de abastecimento fora da área dos postos, regra prevista na regulação.

A operação também foi alvo de ações na justiça e de um projeto para proibir a prática, aprovado pelos deputados estaduais no Rio, mas vetado pelo governador afastado Wilson Witzel (PSC).

O aplicativo entrou em operação sem anuência da agência, foi questionado na justiça, mas no fim das contas prevaleceu o conceito de sandbox regulatório.

O termo inglês para “caixa de areia” faz referência a sistemas sem regras rígidas, mas em ambientes controlados. Neste caso, o Gofit opera como um projeto piloto.
Autor/Veículo: EPBR

Categories: noticias