Sindicombustiveis-al

31/07/2020
A indústria sucroalcooleira quer que os EUA ampliem a cota para o açúcar brasileiro como uma contrapartida para a manutenção da cota de importação de etanol isenta de taxas no Brasil. O pedido foi feito no ano passado, quando Brasília decidiu ampliar a cota para o etanol importado para agradar Washington, mas não houve avanço nas conversas bilaterais desde então, o que deixou o segmento contrariado.

Para continuar a leitura, clique aqui.

Autor/Veículo: Valor Econômico

Categories: noticias