Sindicombustiveis-al

O Globo

03/11/2019 – A partir do próximo dia 10, a BR Distribuidora vai iniciar o desligamento dos funcionários que aderiram ao Programa de Demissão Voluntária. Ao todo, 1.181 funcionários aderiram ao PDV. Com a saída desses empregados, a companhia, que foi privatizada em julho, deverá atingir o número de pessoas planejado pela nova direção — ou seja, ficar com aproximadamente 2 mil empregados contratados.

O PDV só não foi concluído no Rio Grande do Sul, por força de uma liminar que estendeu o prazo do programa por 30 dias. Assim, ele deve ser encerrado no próximo dia 12. O programa chegou ser suspenso em nível nacional por dez dias por conta também de liminar, derrubada no último dia 28.

De acordo com a companhia, além do número excessivo de empregados, os salários também estão entre 30% e 40% acima dos valores pagos pelas empresas concorrentes.

Em julho passado, a BR foi privatizada por meio de uma operação na Bolsa de Valores de São Paulo, na qual a Petrobras reduziu significativamente sua participação na distribuidora, de 71% para 37,5%.

Categories: noticias