Sindicombustiveis-al

Valor Econômico

02/07/2019 – O secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, disse que sem as reformas que estão sendo propostas pelo governo Bolsonaro o crescimento da economia brasileira ficará em torno de 1,5% a 1,6%. “Se nós queremos crescer novamente a taxas altas, precisamos, primeiro, da reforma da Previdência; depois, de outras reformas pró-mercado e de políticas que afetam a curva de oferta agregada”, afirmou, em entrevista ao Valor.

Para ler na íntegra, clique aqui.

Categories: noticias